Como plantar baunilha

Nativa do México, a baunilha tem o aspecto de uma pequena vagem, de coloração marrom, e é amplamente utilizada como aromatizante. Antes de ser colhida, um “pé” de baunilha pode chegar a 10 metros de comprimento. As vagens colhidas têm de 10 a 25 centímetros de comprimento e estão carregados de sementes.

 

Graças à sua capacidade aromatizante e ampla utilização na culinária moderna, a baunilha é a segunda especiaria mais cara do mundo, perdendo apenas para o açafrão. Além do emprego culinário, a baunilha costuma ser utilizada também em técnicas de aromaterapia.

 

Plantio da baunilha

 

Por sua origem tropical, a baunilha se desenvolve melhor em regiões com altas temperaturas (acima dos 21 graus), chuvas regulares e constantes e boa umidade do ar.

 

Como as sementes de baunilha, em geral, não sobrevivem quando plantadas ou, quando originam brotos estes tem um crescimento muito lento, o plantio da baunilha é realizado através da técnica de estaquia.

 

Neste caso, são retirados ramos de 30 a 100 centímetros de diâmetros. Estes ramos devem ser grandes para que o crescimento da planta ocorra mais rapidamente. No momento do plantio destes ramos,  de um a três nós do caule devem ser enterrados no solo e as folhas existentes na parte do caule que ficará enterrada devem ser retiradas.

 

Para que a baunilha se desenvolva adequadamente é importante colocar estacas de madeira, que funcionarão como suportes de crescimento, com altura de 1,5 metros em relação ao solo. É possível, ainda, utilizar árvores como suporte de crescimento. Neste caso, é importante que exista um espaço de um a três metros entre elas.

 

Os ramos de baunilha podem ser plantados no lugar onde a planta permanecerá definitivamente (com as covas abertas ao lado das árvores utilizadas como suportes ou dos suportes) ou, ainda, em vasos ou sacos de mudas, até que ocorra o enraizamento. O período para que as raízes apareçam varia de 4 a 6 semanas.

 

Solo

 

Para que a baunilha cresça forte e saudável, o solo onde a planta ficará deve ser bem drenado (sem o acúmulo de água), leve e fértil. Outra qualidade importante desta área é a grande presença de matéria orgânica, que deve cobrir todo o solo e formar uma camada de matéria.

 

Luminosidade

 

Para que se desenvolva adequadamente, a baunilha precisa ficar em uma área onde haja sombreamento parcial. A exposição total ao sol, sem qualquer tipo de proteção, pode prejudicar o crescimento da planta e a formação das vagens.

 

Irrigação

 

Para que a baunilha se desenvolva bem e alcance o tamanho desejado, o solo onde for plantada deve permanecer úmido durante boa parte do ano. É importante evitar que a área fique encharcada ou com água acumulada, sob pena de prejudicar o crescimento da planta.

 

Para que o florescimento aconteça é necessário deixar o solo um pouco mais seco, por um período de um a dois meses.

 

Cuidados

 

Quando plantadas junto a árvores, o crescimento vertical da baunilha, uma planta da família das orquídeas, deve ser restringido, para que possa ser manuseada e as vagens produzidas colhidas.

 

A produção das vagens acontece apenas com a polinização. Em seu habitat natural, o México, a planta é polinizada por abelhas, mas quando plantada em outros locais é preciso que esse processo seja realizado mecanicamente, com a utilização de um palito de madeira ou de bambu.

 

O horário mais acertado para que o processo de polinização seja realizado é no período da manhã, e é preciso que o processo seja realizado todos os dias. Flores não polinizadas caem no mesmo dia.

 

Outra recomendação importante na hora da colheita das vagens é que sejam mantidas apenas quatro ou oito vagens. As outras flores ou vagens produzidas devem ser retiradas, para que a planta se desenvolva adequadamente.

 

As flores de baunilha aparecem apenas depois do quarto ano de cultivo, e o período de colheita das vagens dura de seis a nove meses. As vagens devem ser colhidas quando ainda estão pálidas. O processo deve ser realizado continuamente.

A baunilha tem uma vida útil muito longa e a planta é capaz de gerar vagens por mais de dez anos. Para que esse período se mantenha e a que a produção seja contínua é preciso cuidar da planta, garantindo sua saúde e nutrição.

 

Comments are closed.